5 de fevereiro de 2008

Maria

Maria era verde com bolinhas violeta e todo mundo era vermelho.
Um dia ela resolveu pintar-se de vermelho. Assim seria vista como igual, mesmo que por um breve instante. E isso a fez feliz.
Porém sentiu-se distante de seu próprio ser.
Então revelou aos monocromáticos como era de fato. Ninguém acreditou.
Riram, debocharam, a humilharam...Depois de uma noite de muito choro ela percebeu-se azul.
Era definitivo.
Mas sabe, ela só fora plenamente feliz enquanto verde com bolinhas violeta.

Nenhum comentário: