10 de agosto de 2008

Depois da neve





O tempo precisa de mim. Acordei com as primeiras flores da cerejeira...

5 comentários:

instantes e momentos disse...

muito bonito teu blog. Parabens. Gostei daqui.
Tenha uma belissima semana
Maurizio

Antônio J. Xavier disse...

Eu, entretato, sinto como se ainda não tivesse acordado... e não estou sonhando tb...

bjinhos

Luiz Caio disse...

Oi Mônica!Como vai?
Muito interessante o seu blog!
Voltarei mais vezes, para connhece-lo melhor... uma abraço!

João Videira Santos disse...

Depois da neve, suave e leve, floresce a palavra.

Clecia disse...

Breves palavras, mas profundas e lindas! :) Amei! Bjos e tudo de bom!