16 de dezembro de 2008

Margô


"Ela descobriu tudo que eu escondia


Me fez retomar os meus textos já cobertos de teias


Calçou meus pés naquelas sandálias azuis de plástico que esqueci que existiam


Me trouxe refrigerante e desenho animado quando eu só bebia vinho tinto e Scorsese


Ela me irrita e me faz de tolo


Desarruma minha bagunça, me dá Dylan, quer que eu vá com ela fazer um curso de seiláoqueemcores


Ela é louca


Acho que aprendi o que é amar nesses dias. E com ela."


Pedro Savaggi


2 comentários:

Antônio J. Xavier disse...

Eu tomei um susto quando vi seu post...

Poucas vezes na minha estadia pela blogosfera me deparei com uma coincidencia assim.

A foto do teu post...

... vai no meu blog e vê meu post atual.

bjos

Carlinhos disse...

são estas pessoas q nos marcaram e q nos marcam q nos mostram o quanto somos importantes...

Mônica, um beijão...