7 de dezembro de 2008

S aud a de s*


Semp re t i v e me do de per der a s c ois as. Princip alme nte as co isas qu e n ão sã o min ha s.
Os livros, as fotografias, as canetas... A s recor daç ões.
Talvez as perderei de alguma forma.
Não plenamente. (Espero)

Saudades dessas coisas* que perderei um dia. Se é que não já as perdi.





(Saudades do que não existiu e do que ainda não veio.)

Um comentário:

Aline Dias disse...

espaços que ficam no meio de palavras, como dentro de quem sente saudade.
Lacunas.
Eu realmente gosto das suas imagens.